Debater a deficiência, a inclusão e os desafios da vida independente

A Associação Portuguesa de Deficientes recebeu hoje vários representantes de instituições nacionais para debater a deficiência, a inclusão e os desafios da vida independente.


O Candidato Sampaio da Nóvoa ouve também alguns sinais positivos:
“Hoje ninguém contesta a inclusão, já é um dado adquirido na sociedade portuguesa. A escola ainda não responde a todos os problemas, mas há um processo em construção. A visibilidade é um passo muito importante.”

A desinstitucionalização continua a ser um grande desafio, assim como a capacidade de intervenção precoce. “Preocupa-nos a falta de um estudo sobre o número de pessoas com deficiência. Deverá corresponder a mais de um milhão de Portugueses.” A maioria dos problemas são transversais a várias tutelas e implicam um acordo político.