Paulo Côrte-Real

É urgente restituir a credibilidade às instituições democráticas, começando pela Presidência da República. A função de cumprir e fazer cumprir a Constituição é particularmente exigente e é fundamental voltarmos a ter confiança em quem a desempenha. Sampaio da Nóvoa restitui-nos essa esperança e garante-nos integridade, inteligência e respeito pelas pessoas. Já demonstrou querer promover uma economia inclusiva a par de uma sociedade inclusiva. Sei que defenderá a igualdade de género e que não hesitará em contrariar a discriminação das pessoas LGBT – lésbicas, gays, bissexuais e trans. Sei que sabe que é a igualdade que nos une. Precisamos dessa união e de um Presidente que saiba promovê-la. Acredito que é Sampaio da Nóvoa que nos vai voltar a ensinar a dizer “nós”.