“Eu quero ser um Presidente Cidadão”, Sampaio da Nóvoa em Oliveira de Azeméis

“Não me revejo nesta fractura que existe actualmente na sociedade portuguesa, nesta divisão violenta entre esquerda e direita. A agressividade voltou a Portugal de uma forma brutal, num confronto de que não precisamos, que exclui os que pensam de maneira diferente. Não precisamos disso. Portugal precisa de um Presidente capaz de unir, capaz de juntar, capaz de agregar.
Os mesmos protagonistas vão trazer as mesmas soluções. Este é um tempo que precisa de soluções diferentes, sem guerrilha, sem politiquices nem espuma política. Sem cata-ventos nem lobbys e interesses. Eu quero ser um Presidente agregador, quero ser um Presidente Cidadão, como diz o Professor Jorge Miranda.” – Sampaio da Nóvoa, na sessão “Tempo de Cidadania”, esta noite, em Oliveira de Azeméis.