“A emigração de médicos é o maior desperdício para o futuro.”

“A emigração de médicos é o maior desperdício para o futuro. Se deixarmos sair o melhor de nós mesmos, não teremos futuro neste país e é muito importante que Portugal tenha consigo os seus melhores, que tenha consigo os jovens que conseguiu formar e qualificar e que não os desperdice, porque isso seria o maior desperdício para o nosso futuro.” – palavras de Sampaio da Nóvoa no Congresso Nacional de Medicina, a decorrer no Porto, no qual discursou sobre “O valor da Educação na Saúde”.