Valorizar a economia social

Sampaio da Nóvoa esteve este sábado reunido no Porto com o Padre Lino Maia e outros dirigentes da CNIS (Confederação Nacional das Instituições de Solidariedade).

“É um sector de extraordinária importância para Portugal que tem revelado uma grande capacidade de resistência à situação de crise dos últimos anos e tem dado respostas muito importantes na luta contra a pobreza, no apoio a idosos, a pessoas com deficiência, etc. É uma rede imprescindível para o nosso país. Temos, obviamente, que compreender muito bem quais são as obrigações do Estado, mas temos de valorizar muito a iniciativa das associações, das cooperativas, dos cidadãos que dedicam a sua vida a ajudar os outros.”