Eurico Gomes

Todo o meu apoio só poderia ir para Sampaio da Nóvoa. Espero que, mau grado toda uma campanha já orquestrada há muito, os cidadãos do meu País o entendam e assumam o seu dever para, pelo menos, se poderem reconciliar com uma dignidade mínima essencial a um projecto comum. Aliar a ciência e a cultura a um conhecimento e natural empatia com as gentes, livre do cerceamento dos “arcos do poder” e seus herméticos e corruptos meandros, é, nos tempos que correm, uma bênção que todos deveríamos ter o dever cívico de entender e apoiar.