António Costa Valente

Delimitando território, anunciando proximidade, circulando a mais potente de todas as luzes numa longura para além da vista, a imponente estrutura arquitectónica de construção nos limites do penhasco em vertigem constante com as forças da intempérie tem um nome – Farol. O candidato Sampaio da Nóvoa tem essa construção estruturante, atordoando pela voracidade da palavra o que urge mudar, o que justifica crescer, o que a ação sufraga na procura das novas praias deste Portugal onde a mudança deve começar na Presidência. Voto Sampaio da Nóvoa porque lhe conheço as palavras e a força do espírito que transportam. (António Costa Valente, cineasta e professor universitário).